NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

COMO MORRER E REVIVER

"Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? De modo nenhum. Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?" (Romanos 6:1-2)

Onde abundou o pecado superabundou a Graça, mas não é por esse motivo que devemos viver no pecado, para receber mais da Graça de Deus. Temos de entender que, onde antes não existia solução, ela apareceu de maneira abundante, extraordinária;temos de saber que, para desfrutar da Graça, devemos morrer para o pecado, entendendo que a Graça é originada na luz, que é Jesus, e o pecado é trevas, portanto não se coadunam. Ao vir para Cristo, aceitando a Graça, automaticamente morremos para o pecado, pois, para nos achegarmos a Cristo, é necessário morrer e nascer novamente Nele e deixar para trás a nossa natureza pecaminosa e nascer em novidade de vida. "Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?" (Romanos 6:3). Quando aceitamos o Senhor em nossa vida e nos batizamos, o batismo que estamos recebendo é na morte de Cristo, porque o fato é que o Senhor Jesus Cristo morreu e foi ao sepulcro, só que Deus Pai o ressuscitou após três dias, e hoje Ele Reina para sempre, e tudo lhe foi entregue. Ao batizarmos em sua morte, temos que assumir essa morte, temos que primeiro morrer para o mundo e seus desejos, morrer para nós mesmos, e passarmos a viver a vida que está em Cristo Jesus. "De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida." (Romanos 6:4).Se morrermos com Ele, então agora sejamos diferentes e vivamos de acordo com a nova vida que Cristo nos deu. Quem mentia não minta mais; quem odiava agora ame a todos; quem era preguiçoso agora seja um trabalhador esforçado; o desonesto passe a ser honesto; o adúltero passe a ser uma pessoa extremamente fiel; o avarento seja uma pessoa caridosa. Tudo se faz novo, porque o objetivo, a meta é diferente, já não é satisfação imediata, e sim vida eterna em Jesus. Se alguém fala que é de Jesus e continua com as mesmas práticas erradas, ela ainda não se converteu, e o seu pecado é duplo, pois está dando um mau testemunho do Evangelho de Jesus Cristo, e com certeza pagará de maneira terrível por isso.
"Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição; Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado." (Romanos 6:5-6).Assim como Cristo morreu, devemos morrer para o mundo, não nos permitir atender a vontade da nossa carne. É evidente que morrer para o mundo traz certo desconforto, dor, mas não existe morte indolor;não existe mudança de vida que não passe por sofrimento. Devemos negar a nós mesmos, abandonar a nossa vida para viver a vida de Cristo, porque, morrendo para o mundo, negando o mundo, estaremos assumindo o mundo vindouro, o Reino de Deus, e, assim como Jesus ressuscitou, também com Ele ressuscitaremos e viveremos, mas, para ressuscitarmos, é necessário estarmos mortos. O nosso velho homem, a velha mulher tem que ter morrido, para que ressuscitem em Cristo, porque, se não morrerem, não há ressurreição. Não se pode falar em Cristo se ainda se está na prática de pecado, pois são incompatíveis um com o outro. "Porque aquele que está morto está justificado do pecado." (Romanos 6:7). A verdadeira morte acontece quando ainda continuamos a respirar, pois aquela que todos conhecem como a morte,em que deixamos de existir, de respirar, nada mais é do que um estado de transição, em que a partir dali se vai para a vida ou morte eterna. Quando morremos aqui para o mundo, para o pecado, então estamos justificados, e, quando chegar o momento de passar por essa transição, sabemos que simplesmente iremos para a verdadeira vida, e a morte não terá domínio ou poder sobre nós."Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com Ele viveremos; Sabendo que, tendo sido Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre; a morte não mais tem domínio sobre Ele." (Romanos 6:8-9).Se acreditamos que morremos com Jesus, se praticamos essa morte, se experimentamos a dor da morte aqui diariamente, não por motivos vários, mas simplesmente pela nossa negação de participar, de viver no mundo desfrutando o que o mundo oferece, então também haverá certeza da nossa vida por toda a eternidade com Ele, porque, assim como Ele venceu a morte, estando Nele, desfrutaremos dessa vitória. A morte não tem nenhum poder sobre nós, porque escolhemos a vida em Cristo, e então o sofrimento da morte não nos atinge, pois aqui já estamos mortos para o mundo e para a própria morte, ou seja, a morte não pode viver em nós mais.
"Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus." (Romanos 6:10). Morrer para o pecado e para todos os desejos carnais, toda emoção destrutiva, tudo o que é incompatível com a vida de Jesus, com o seu Evangelho. Devemos aprender a desfrutar de vida aqui, dando vida aos que estão mortos, praticando a Palavra verdadeira, não concordar nem aceitar que a morte reine, e sim combater a morte com a vida. Pregar, ensinar sobre a vida, mostrar a luz da Bíblia, mostrar que o mundo jaz no maligno e que ele pertence ao diabo, que veio para matar, roubar e destruir, mas Jesus veio para a vida, e vida em abundância. "Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor.Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências."(Romanos 6:11-12).Devemos aceitar a morte para o pecado, não viver, praticar qualquer coisa que seja contrária à Palavra de Deus; saber que o que é contrário à Palavra de Deus é simplesmente proibido para nós. Não permitir que os nossos corpos, que nenhum membro desse corpo que conduz a nossa alma, nosso espírito, sirva para agradar o mundo. Viver em santidade, não satisfazer nossos desejos. Viver em plena e constante negação de nós mesmos, não atender a direção carnal, viver sob a direção do espírito. "Nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado por instrumentos de iniquidade; mas apresentai-vos a Deus, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça." (Romanos 6:13).Temos que ser para Deus pessoas vivas, mas que estão na morte, uma vez que no mundo prevalece a morte. Portanto, apesar de estar no mundo, não podemos viver nele. Devemos andar contrários ao mundo, negarmo-nos a participar do entendimento e da lógica humana, negarmos a nós mesmos, viver em função de apresentar o Reino de Deus e a sua justiça, mostrar o poder da Vida verdadeira. Viver não é desfrutar de momentos alegres e supostamente felizes aqui e toda a eternidade na morte; ao contrário, é viver a morte aqui e desfrutar da abundância da vida por toda a eternidade. "Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça." (Romanos 6:14).O pecado não tem domínio sobre nós, o que acontece é que permitimos esse domínio e negamos o autor da vida com atos, e o aceitamos só de boca. "Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum. Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça." (Romanos 6:15-18).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário