NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

COMO É SER CHAMADO PELO SENHOR

"E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o Evangelho do Reino de Deus." (Marcos 1:14)

Após a prisão de João Batista, Jesus veio para a Galiléia e iniciou o seu Ministério de pregação e evangelização. Devemos observar que Jesus não iniciou o seu Ministério com pregação de oferecimento de bênçãos ou de curas, nem falando de prosperidade, mas simplesmente avisando sobre o Reino de Deus. João Batista iniciou chamando ao arrependimento. Jesus comunicava que o Reino havia chegado, apesar de que muitos não entendiam e ainda não entendem como o Reino de Deus havia chegado, apesar de viverem aqui nas lutas. Mas a explicação é simples, porque antes de Jesus não existia maneira de escapar, mas, com a vinda de Jesus, temos a opção de viver no Reino. Podemos estar aqui, mas, se vivermos segundo os preceitos Dele, segundo as diretrizes do Reno de Deus, então somos cidadãos e cidadãs do Reino, e no momento certo iremos definitivamente para Ele, onde não mais haverá lutas nem sofrimento. Jesus veio, e com Ele o Reino de Deus está ao nosso alcance, e quem se esforçar entrará Nele. As nossas pregações deveriam imitar a do Senhor, e sempre falarmos do Reino e da proximidade dos fins dos tempos, e não pregações emotivas, com oferecimento de bênçãos. "E dizendo: O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho." (Marcos 1:15). A pregação verdadeira é assim como Jesus nos mostra: chamando o povo ao arrependimento, a uma mudança e transformação de vida. É chamando para se converterem ao Senhor Jesus, pois em breve o Cristo estará voltando, e quem não estiver com as vestes limpas irá padecer por toda a eternidade.É uma exigência do Senhor a nossa santificação, purificação, procurar viver segundo os preceitos estabelecidos por Ele. Jesus tinha todo poder e curava, operava milagres e maravilhas, mas Ele não ficava oferecendo, Ele não ficava chamando as pessoas para ouvir as suas pregações prometendo curas, mas Ele curava quem vinha até Ele. O foco de Jesus não eram os milagres, mas a pregação, o evangelismo, o ensino do Evangelho, era falando do Pai. Veremos que todos os discípulos Dele da época, os apóstolos, nenhum deles começou o ministério oferecendo bênçãos ou milagres, mas pregando o Evangelho, falando de salvação e mandando se santificarem.
"E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores." (Marcos 1:16). Jesus, andando perto do mar, ou na orla marítima, viu os dois irmãos: Pedro (Simão) e André, e os chamou. Vemos que eles receberam o chamado do Senhor, não se ofereceram e nem se fizeram discípulos, foram chamados dos seus afazeres, do seu trabalho. Esses dois pescadores estavam fazendo o que sabiam fazer bem, quando Jesus passou e os viu, ao contrário de muitos que simplesmente por serem preguiçosos, gananciosos, por quererem extorquir se autolevantam como discípulos do Senhor, sem o serem, mesmo porque basta olhar o comportamento dos mesmos que saberemos. Atualmente, pessoas têm largado os seus afazeres por "ennes" motivos e estudam teologias, ensinamentos de como enganar o povo, como extorquir, como pregar emoções, como vender bênçãos, e se transformam e dizem terem sido chamados, mas pela pregação sabemos que nada são. "E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens. E, deixando logo as suas redes, o seguiram."(Marcos 1:17-18). Jesus os chamou, e vemos que eles abandonaram, deixaram para trás suas ferramentas, seus barcos, deixaram tudo para trás para seguir Jesus. Simplesmente abriram mão de tudo o que tinham e foram fazer o que Jesus os mandou fazer. Eles não foram para ganhar ou conquistar bens materiais, ao contrário, eles abriram mão do pouco que tinham. O chamado deles foi simplesmente para pescar almas, para resgatar almas do sofrimento e da perdição. Mas os supostos discípulos de Jesus da atualidade querem conquistar, TER, não querem viver na dependência do Senhor, eles simplesmente estão em busca de um negócio vantajoso, e por tal motivo o povo está sendo enganado e destruído. "Chamou a si os doze, e começou a enviá-los a dois e dois, e deu-lhes poder sobre os espíritos imundos; E ordenou-lhes que nada tomassem para o caminho, senão somente um bordão; nem alforje, nem pão, nem dinheiro no cinto;Mas que calçassem alparcas, e que não vestissem duas túnicas.E dizia-lhes: Na casa em que entrardes, ficai nela até partirdes dali." (Marcos 6:7-10). Mesmo porque, na época de enviar os seus discípulos, exigiu que não levassem nada, que simplesmente pregassem que havia chegado o Reino de Deus, e que curassem os enfermos. O chamado de Jesus nada tem a ver com os pregadores da atualidade que, para irem a um lugar, além de cobrarem caro, exigem primeira classe, hotéis cinco estrelas. Já não são mais chamados de discípulos de Jesus, e sim de conferencistas, e outros títulos, mas todos têm o mesmo objetivo: ganhar dinheiro, e não ensinar, pregar sobre o Reino de Deus. Conclusão nenhum desses foi chamado; são imitadores.
"E, passando dali um pouco mais adiante, viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que estavam no barco consertando as redes." (Marcos 1:19). Mais à frente Jesus encontra Tiago e João, que também eram pescadores, e também estavam nos seus afazeres consertando as redes, possivelmente se preparando para voltar à pesca. O Chamado do Senhor é inesperado. Quando Jesus chama, realmente, sabemos, e também sabemos para que, e não ficamos olhando para trás. Vemos muitas pessoas querendo saber qual é o chamado delas, e, a bem da verdade, não há chamado, pois, se houvesse um chamado, saberiam qual era e onde deveriam trabalhar. Vemos pessoas querendo saber quais são os seus dons para trabalhar na obra, mas, se elas tivessem algum dom, se já tivessem sido chamadas, saberiam; como não sabem, então continuam buscando conhecer mais do Senhor, caminhando para o Reino. Pessoas que se dizem chamadas para o ministério de missões, na verdade querem é fazer turismo, viajar, conhecer outros lugares ou cultura à custa de alguém. Elas não fazem missões na sua casa nem no seu bairro, mas querem ir para o exterior. "E logo os chamou. E eles, deixando o seu pai Zebedeu no barco com os jornaleiros, foram após ele." (Marcos 1:20). Quando também receberam o chamado de Jesus, imediatamente deixaram tudo nas mãos dos empregados e foram atrás de Jesus. Vemos que eles não eram tão pobres, pois tinham empregados (jornaleiros) e abandonaram os negócios nas mãos dos empregados, abriram mão de tudo para seguir Jesus. A diferença entre esses e os atuais é que eles deixaram tudo, os de hoje querem tudo, não confiam e não sabem viver no Reino, portanto não são aptos a ensinar sobre o Reino. Jesus, quando os envia, manda que nada levem,que simplesmente façam o trabalho de Evangelização que ele os suprirá, e depois ainda lhes pergunta se lhes faltou alguma coisa. "E disse-lhes: Quando vos mandei sem bolsa, alforje, ou alparcas, faltou-vos porventura alguma coisa? Eles responderam: Nada.(Lucas 22:35).Para evangelizar, pregar, tem que ser chamado, e tem que pregar o que o Senhor manda, e não uma pregação e ensino mentirosos, e o fato de arregimentar multidões não é sinal de aprovação de Deus, pois animadores de palco juntam multidões e nada falam sobre o Reino. Não podemos nos preocupar com multidões e sim em fazer o que o Senhor nos chamou para fazer, claro se formos chamados. "Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão se não há quem pregue?E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação?
De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus."(Romanos 10:13-17).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário