NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

COMO CONFESSAR JESUS

"Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus." (Mateus 10:32)

Confessar Jesus diante dos homens, diante do mundo é mais do falar que pertence a Ele, é muito mais do que ir a uma igreja, um templo e levantar a mão na hora do apelo e dizer que entrega a vida para o Senhor. Confessar a Jesus é muito mais do que falar; é ter essa confissão em seu andar, viver. A confissão legítima é quando apresentamos o Senhor ao mundo através da nossa vida, quando vivemos como ele quer que vivamos; é fundamentalmente praticar o seu Evangelho. Falar que o ama, falar o nome Dele todos falam, e muitos falam cometendo crimes, sim crimes, pois todos os que desobedecem são criminosos, segundo as leis do Reino de Deus, pois transgressores da lei são criminosos. Infelizmente quem mais nega o Senhor é o povo que diz conhecê-lo, povo que fala no seu nome, mas vive de forma contrária. Povo que confessa a doença, a enfermidade, a derrota, a miséria, a dor, o sofrimento, e não confessa o Senhor. "Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus." (Mateus 10:33). Esse povo que nega o Senhor, que se diz temente a Deus, mas na hora do aperto mente, engana, rouba, trai, adultera, destrói,esse povo será negado diante de Deus, porque, quando surge a oportunidade de defender a sua fé, de afirmar o seu amor por Jesus,o nega. Quando surge uma facilidade qualquer, mesmo sendo contrária à Palavra do Senhor, esse povo a pega. O povo que envergonha o Evangelho porque fala o nome de Jesus, mas vive em erros e pecados, por mais que frequente uma igreja, por mais que ore, chore, será negado diante do Pai, pois está negando Jesus. A religião tomou conta, e as igrejas ensinam as pessoas a ser religiosas, pois lhes ensinam visitar os templos, ofertar, dizimar, participar de campanhas, pegar amuletos e levá-los para casa, mas não lhes ensinam a Verdade, não ensinam a praticar a Palavra de Deus. Não ensinam amar Jesus, não ensinam confessar Jesus, ao contrário, ensinam negá-lo, pois com os seus ensinos de barganhas, desafios e sacrifícios o estão negando. Ensinam a pedir bênção, mas não lhes ensinam a se colocar em posição de recebê-las, conduzem o povo a templos, à religião, e não a Cristo. Ensinam a pronunciar o nome de Jesus, mas a negá-lo com suas ações.
"Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;E assim os inimigos do homem serão os seus familiares."(Mateus 10:34-36). Ao contrário do que se apregoa, Jesus não veio trazer-nos a tranquilidade, a paz e alegria. Como Ele mesmo disse, veio trazer a luta, a guerra, a batalha, veio para nos arregimentar para a luta. Jesus nos convoca para a luta, e, quando a aceitamos, a enfrentamos por toda parte, vencemos no nome Dele e recebemos o nosso galardão, que é a vida eterna ao seu lado. São lutas enfrentadas em casa quando os pais, filhos, irmãos, sogros, amigos não concordam com o nosso modo de vida, com a nossa maneira de proceder diante das situações, negando o mundo e as suas facilidades, os seus prazeres. Somos motivos de críticas e acusações, mas, se perseverarmos até o fim, receberemos a coroa de vitória. Pelo fato de muitos dos nossos parentes e amigos viverem no mundo ou em uma religião somente, não aceitam a maneira de enfrentarmos todas as situações, não aceitam um filho lutar por um casamento em que o cônjuge afirma não o amar mais, ou que o trata mal; pais que tentam proteger filhos concordando com o pecado. Pais aceitam e concordam com a homossexualidade, desobediências, rebeldia e paganismo de filhos, concordam com a prostituição e fornicação e muitos cedem a própria casa para filhos pecarem. Esquecem que, independentemente de qualquer situação, devemos praticar a Palavra de Deus e fazer não a nossa vontade, mas a do Senhor. "Tu pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.
Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra. E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente."(2 Timóteo 2:3-5).
 Não podemos estar comprometidoscom a nossa vida e a felicidade aqui e com o Reino, porque, se somos cidadãos do Reino de Deus, se lutamos pela nossa salvação, lutamos de forma digna e constante para que sejamos dignos de receber a nossa coroa. Não se pode buscar a felicidade plena aqui, mesmo porque o Paraíso não é aqui, e nossa casa não é neste tempo e lugar. Temos que compreender que estamos em luta em casa, no trabalho, nos passeios, em toda parte, e só venceremos se confessarmos o Nome de Jesus, e essa confiança é nos manter firmes em sua Palavra, é não aceitar as facilidades e oferendas do mundo, é escolher o caminho apertado, a porta estreita, porque sabemos que é nela que está a vida.
 "Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim." (Mateus 10:37).Quando as pessoas confundem e colocam todo o seu amor em filhos, pais, ou em quaisquer pessoas ou coisas, estão simplesmente negando, rejeitando o Senhor. Não podemos apresentar desculpas dizendo que o Senhor quer que amemos os nossos, e por tal motivo temos que concordar e aceitar as suas vontades. Se amamos os nossos, devemos conduzi-los a Cristo, e não aceitar nada que seja proposto que possa nos afastar da presença do nosso Deus. Não podemos concordar nem aceitar os pecados, erros e desobediências dos nossos filhos, muito pelo contrário, devemos condenar e ensinar o caminho da verdade, quem tem tolerância com os pecados de filhos alegando um suposto amor está negando o Senhor Jesus Cristo.Em nenhuma situação ou com quem quer que seja, podemos concordar com desobediências ao Senhor, porque devemos amar primeiramente o Senhor, e quem ama obedece. "E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á." (Mateus 10:38-39). Por mais difícil que possa ser corrigir ou negar algo aos nossos ou a nós mesmos, devemos fazê-lo por amor a Cristo. Devemos carregar a nossa cruz, e carregar a cruz é viver de acordo com o Evangelho, é se comprometer com a Palavra. Se tivermos que perder amizades, dinheiro, bens, emprego, se tivermos que decepcionar pessoas, parentes por amor a Cristo, se tivermos que passar por sofrimentos para o confessarmos, que assim seja, porque sabemos que ganharemos muito mais no mundo vindouro. Mas não podemos compartilhar com o pecado, pois o pecado conduz à morte e ao afastamento do Senhor. "E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna."(Marcos 10:29-30) A Palavra se cumpre, basta termos coragem de confessar o Senhor em todo o tempo e jamais o negarmos, e sermos testemunhas, pregadores da verdade pela nossa maneira de viver e confessar o Senhor. "Quem vos recebe, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou. Quem recebe um profeta em qualidade de profeta, receberá galardão de profeta; e quem recebe um justo na qualidade de justo, receberá galardão de justo." (Mateus 10:40-41). Confessar o Senhor é receber a Palavra e vivê-la, é ser um divulgador do Evangelho simplesmente pela maneira com que procedemos diante de todas as situações, e todos os que assim agem são profetas do Senhor. Todas as pessoas que recebem os legítimos servos do Senhor e os ampara e os ajuda de qualquer maneira receberão galardões por isto. "E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão." (Mateus 10:42).
 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
 Um abraço,
 Pr.Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário