NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

PEDINDO AO SENHOR

"E, subindo Jesus a Jerusalém, chamou de parte os seus doze discípulos, e no caminho disse-lhes: Eis que vamos para Jerusalém, e o Filho do homem será entregue aos príncipes dos sacerdotes, e aos escribas, e condená-lo-ão à morte." (Mateus 20:17-18)

Jesus, depois que saiu de Jerusalém, chamou os seus doze discípulos em particular e fez a revelação do que iria lhe acontecer em breve. O Senhor fala de forma clara, não mais por parábolas. Explica tudo e assume o seu caráter Messiânico. Daqui para a frente veremos que Ele tudo fará para que as profecias a seu respeito se cumpram de forma fiel. Então o Senhor diz que será preso em Jerusalém. Observemos que Ele não foge, pois, apesar de saber o que vai lhe acontecer, Ele caminha para lá; somente revela para os discípulos para que, quando isso acontecesse, eles compreendessem. Diz ainda que os príncipes, ou seja, as autoridades judaicas, religiosas, mandariam prendê-lo, e que seria condenado. Jesus sabia de antemão tudo o que iria lhe acontecer e fez questão de que os discípulos soubessem disso, para entenderem que as Escrituras se cumpriam Nele. Os três anos e poucos de duração do ministério terreno de Jesus foram de ensinamentos, para todos e para toda a vida; mesmo quando Ele estava curando ou expulsando algum demônio, estava ensinando, mostrando como deveremos fazer. "E o entregarão aos gentios para que Dele escarneçam, e o açoitem e crucifiquem, e ao terceiro dia ressuscitará." (Mateus 20:19). Jesus esclarecetudo, fala das chicotadas que levaria, da maneira como iriam rir Dele, que iriam fazê-lo motivo de piadas, como aconteceu. Ele sabia tudo o que lhe esperava, e, como homem carnal,sabia a dor e humilhação que iria suportar, mas mostrava que por amor ao Pai, por amor a nós, Ele iria até o final, como o foi. Imaginamos como foi difícil para o Senhor saber tudo o que iria ter que suportar e simplesmente aguardar para o sofrimento, ou melhor, caminhar para ele. Jesus foi obediente até a morte e morte de cruz, por isto é o nosso Salvador. Portanto, se somos os seus seguidores, devemos estar preparados para as lutas e sofrimentos por causa do Nome Dele, porque, se nos recusarmos, não somos dignos Dele.
"Então se aproximou Dele a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-o, e fazendo-lhe um pedido." (Mateus 20:20).Aqui vemos uma situação muito comum no meio desse povo que se diz evangélico, porque sempre vem ao Senhor fazer pedido, sempre clamando por algo, por socorro, sempre querendo algo do Senhor, e acha que tem direitos. A bem da verdade, orações de agradecimentos e louvor, adoração pouco acontecem. As pessoas, os religiosos sempre vêm ao Senhor fazer pedidos por eles próprios, pela família, para todos, e no final das orações "pidonas" é que dizem um obrigado, e assim mesmo para que o Senhor saiba que elas estão aguardando os pedidos formulados. A mãe de Tiago e João vem a Jesus clamar, fazer um pedido. "E ele diz-lhe: Que queres? Ela respondeu: Dize que estes meus dois filhos se assentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu Reino." (Mateus 20:21). Vemos que o pedido que essa mãe fez é simplesmente idêntico ou até mesmo inferior ao que o povo anda fazendo, mesmo porque todos continuam orando,querendo ser salvos, mas não querem obedecer aos preceitos do Senhor,querem ocupar lugares de destaques, queremcantar(cantar e não adorar), fazer parte da banda, pregar, querem ser destaques nas igrejas, nos ministérios, no trabalho e em tudo, querem ocupar os primeiros lugares. Pessoas fazem pedidos sem medir as consequências, porque, se queremos algo, temos que pagar o preço. "Jesus, porém, respondendo, disse: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu hei de beber, e ser batizados com o batismo com que eu sou batizado? Dizem-lhe eles: Podemos." (Mateus 20:22). Querem bênção, querem respostas, privilégios, mas a pergunta é: estão dispostas a pagarem o preço, em santidade, em santificação? Jesus pergunta: será que eles poderiam passar o que Ele iria passar, enfrentar as lutas que Ele iria enfrentar até morte? As pessoas querem ser salvas, querem ser abençoadas, mas não querem viver de acordo com a Palavra, pois acham que é um fardo muito pesado, conclusão: não conseguem nada. Para receber a cura de uma enfermidade, ou restaurar um casamento, libertar o marido, a esposa, para uma mudança de vida, é necessário viver de acordo com os preceitos do Senhor, se quiser a bênção Dele; caso contrário, nada conseguem, pois oração sem ação nada resolve. A fé sem obras é morta.
"E diz-lhes ele: Na verdade bebereis o meu cálice e sereis batizados com o batismo com que eu sou batizado, mas o assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não me pertence dá-lo, mas é para aqueles para quem meu Pai o tem preparado." (Mateus 20:23).Jesus então fala que eles vão receber o batismo que disseram que poderiam receber, e Jesus estava falando da morte que eles iriam sofrer pelo Evangelho, e depois vemos que ambos morreram por causa da palavra de Deus. "E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar; E matou à espada Tiago, irmão de João.
E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos."(Atos 12:1-3).
 João terminou os seus dias em uma Ilha onde morreu. "Eu, João, que também sou vosso irmão, e companheiro na aflição, e no Reino, e paciência de Jesus Cristo, estava na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus, e pelo testemunho de Jesus Cristo." (Apocalipse 1:9). Quando pedirmos algo ao Senhor, devemos analisar bem os nossos pedidos, saber se realmente estamos dispostos a cumprir com a nossa parte, porque, caso contrário, nada receberemos. Se não abandonarmos a nossa vontade carnal, se não vivermos segundo o Evangelho de Jesus Cristo, não alcançaremos nossa salvação nem bênçãos ou respostas do Senhor aqui. "E, quando os dez ouviram isto, indignaram-se contra os dois irmãos. Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles." (Mateus 20:24-25). Jesus nos ensinou e viveu em humildade, não buscou destaque, muito pelo contrário, fugiu de tudo isso. E nos mostra que, para servi-lo, é necessário sermos humildes, e não buscar os primeiros lugares, não praticar os ensinamentos heréticos que dizem que os filhos de Deus têm que ter o melhor aqui, que têm que ser o número um. Na verdade, esse ensinamento e prática é diabólico e antibíblico, porque o Senhor em momento algum prometeu o melhor ou primeiro lugar para alguém aqui neste mundo. "Não será assim entre vós; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal; E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo; Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos." (Mateus 20:26-28).O ensinamento de Jesus com palavras e como prática nos mostra que devemos procurar servir,e não ser servidos, porque Ele, sendo Deus, tudo podia e pode, mas até hoje é Ele que continua nos servindo, atendendo, e não nós a Ele. Ninguém pode fazer nada por Ele, mas Ele pode e fez e faz por todos nós. Portanto, devemos carregar a nossa cruz se quisermos ser discípulos de Jesus. Se quisermos receber alguma coisa Dele, devemos a todo o tempo procurar imitá-lo.

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço.

Pr.Henrique Lino


Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário