NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

LOUCURA OU ZELO

"Quisera eu me suportásseis um pouco na minha loucura! Suportai-me, porém, ainda. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos tenho preparado para vos apresentar como uma virgem pura a um marido, a saber, a Cristo." (2 Coríntios 11:1-2)

            Os verdadeiros pastores, os que têm o chamado para cuidar das ovelhas do Senhor, sofrem, e muito, quando veem uma das suas ovelhas teimando em seguir outro rumo, em se afastar da Verdade indo em busca de engano e facilidades oferecidas pelos inúmeros falsos pastores que têm como objetivo somente o de tirar a lã. Muitas vezes nos deparamos com verdadeiros homens de Deus tristes e abatidos por saberem que uma das suas ovelhas se debandou e foi direto para a boca do lobo, e ele não conseguiu impedir, porque era a vontade dessa ovelha. Homens comprometidos com a Palavra de Deus, que muitas vezes têm pregações, sermões duros, porque são conscientes da sua função, que é o de ensinar a Verdade, o Evangelho de Jesus Cristo, mostrar o Caminho da Salvação, exigir Santificação, e não ficar falando de bênçãos. Às vezes as ovelhas não gostam, porque existem os falsos pastores que não têm compromisso com o Reino nem em salvar as ovelhas e, portanto, pregam facilidades, bênçãos e mais bênçãos, campanhas inúmeras, negociações e tudo mais. Mas devemos examinar bem, porque, se vivermos de acordo com a Palavra, não teremos que buscar bênçãos, uma vez que elas sobrevirão, portanto,  não justifica a pregação mentirosa de tantos. "Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo." (2 Coríntios 11:3). Da mesma maneira que a serpente enganou Eva, diariamente  muitas pessoas são enganadas e buscam um evangelho mais suave para viver, procuram uma religião que não exija tanto,  um pregador que concorde com elas, e os espertalhões, os comerciantes da fé estão disponíveis em todo lugar. As pessoas não querem repreensão, querem ouvir que Deus vai abençoá-las e que Ele entende as suas fraquezas e que não exige compromisso. O compromisso que esses falsos, adulterados querem somente é com as ofertas e dízimos, portanto fazem a vontade e falam o que elas querem ouvir.
"Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis."(2 Coríntios 11:4). O que se deve  examinar é se o que o pregador, ou pastor, está ensinando fundamenta-se na Palavra, se ele não está  tirando texto do contexto, ou se  não está usando versículos aleatórios, ou parte de um para justificar uma pregação. Não se pode deixar-se envolver com emoções, mas andar em espírito, porque não adoramos o Senhor em emoção, mas em espírito e em verdade, pois Ele é Espírito. E todos os que se debandeiam para o evangelho das facilidades, da tolerância, das bênçãos, com certeza sofrerão, porque estão longe da Verdade, estão nas trevas. "Porque penso que em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos. E, se sou rude na palavra, não o sou contudo na ciência; mas já em todas as coisas nos temos feito conhecer totalmente entre vós."(2 Coríntios 11:5-6). O fato de o pastor, o pregador, usar palavras diretas, ser franco, não quer dizer que seja  inferior aos teólogos, aos que falam palavras mansas, aos que se justificam, aos que procuram usar um português sofisticado e correto. O que devemos saber é o que se está falando, ensinando se fundamenta na totalidade da Palavra, se não é ensinamento, conhecimento humano. É melhor ouvir a Verdade de maneira clara e ser salvo do que ouvir palavras suaves e ir para o sofrimento e morte eterna. "Pequei, porventura, humilhando-me a mim mesmo, para que vós fósseis exaltados, porque de graça vos anunciei o evangelho de Deus? Outras igrejas despojei eu para vos servir, recebendo delas salário; e quando estava presente convosco, e tinha necessidade, a ninguém fui pesado."(2 Coríntios 11:7-8). Igrejas pequenas, pobres, sem recursos, muitas vezes são discriminadas. Pastores pobres são taxados de bobos e sem unção, só que as pessoas não entendem que em nenhum momento chamou pastores para serem ricos, e nem para construir grandes templos, mesmo porque o nosso templo é Jesus. As pessoas têm que entender que os grandes templos, o luxo e conforto dos pastores são pagos por elas; e bens materiais nada têm a ver com bênção de Deus, ou unção. "Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo." (Romanos 14:17).E ainda: "Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará; porque a este o Pai, Deus, o selou."(João 6:27). Pregadores têm que se comprometer em conduzir pessoas, ovelhas, a Cristo,à salvação, e não a bênçãos materiais, e o fato de alguns terem grandezas materiais não quer dizer que são aprovados por Deus.
"Porque os irmãos que vieram da macedônia supriram a minha necessidade; e em tudo me guardei de vos ser pesado, e ainda me guardarei. Como a verdade de Cristo está em mim, esta glória não me será impedida nas regiões da Acaia. Por quê? Porque não vos amo? Deus o sabe." (2 Coríntios 11:9-11). O fato de pastores não ficarem falando o tempo todo em ofertas, em dinheiro, não quer dizer que não estejam  agindo de acordo com a Palavra de Deus. Os mesmos pastores de pequenas igrejas que praticamente sustentam a igreja, o ministério, não se transformam em alguém inferior, ao contrário, porque honram o Senhor com tudo o que ele tem e é. O verdadeiro pastor não se permite extorquir as ovelhas como muitos fazem, exigindo, constrangendo-as a darem muitas vezes o que não têm. Esses que assim procedem não são pastores, mas lobos e mercenários. Temos que nos espelhar nos pregadores bíblicos, ser discípulos de Jesus, que, sendo Dono de tudo, veio ao mundo em uma manjedoura e passou o seu Ministério todo sendo pobre,e não adquiriu nenhum patrimônio material, mas nos deu a Vida e é o Senhor de tudo. Também olhar para Pedro, Paulo, João, Tiago e todos os outros, imitarmos as suas pregações, os seus ensinamentos, e sua maneira de viver, e veremos que em momento nenhum os encontramos dando bênçãos, ou melhor, distribuindo bênçãos, fazendo campanhas ou corrente com envelopes. "Mas o que eu faço o farei, para cortar ocasião aos que buscam ocasião, a fim de que, naquilo em que se gloriam, sejam achados assim como nós." (2 Coríntios 11:12). O Evangelho deve ser pregado, ensinado por amor e com amor, mas o verdadeiro amor, não isto que se fala que é amor, sendo tolerante com pecados e erros; o objetivo é conduzir as pessoas ao Senhor, e não procurar adquirir mais patrimônio ou aumentar o tamanho da igreja ou o número de membros, e muito menos  estar comprometido com bênçãos, e sim comprometido com o Reino de Deus. "Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo.E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz."(2 Coríntios 11:13-14). Muitos dos que se dizem servos do Senhor muitas vezes são servos do diabo, estão a serviço do inferno, porque falar o nome de Deus é fácil, e o diabo não tem nenhuma dificuldade em fazer isto, operar maravilhas, ele também tem poder e faz isto, mas praticar a Palavra não, o satanás só é o diabo porque é desobediente, e não porque não conheça a Palavra. Cuidado, vigia, será que este que você conhece como homem de Deus realmente o é? Examine a luz da Bíblia. "Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." (2 Coríntios 11:15).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pastor Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição dia e noite para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria." II Co 9:7 Doar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus.  
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário