NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

LEIS SOBRE O CASAMENTO

“Ora, quanto às coisas que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher; Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido.” (1 Coríntios 7:1-2)

            Paulo dá uma série de ensinamentos, recomendações sobre o casamento que, se aplicados, as pessoas vivem bem e desfrutam de uma vida de paz, além de um crescimento espiritual. Paulo não é contra o casamento, muito pelo contrário, mas ele começa nos mostrando que, se o homem permanecer solteiro, com certeza estará livre de uma série de preocupações, mesmo porque todos sabem que nunca é fácil uma convivência a dois, pois existe a alternância de momentos bons e ruins, sem levar em consideração que não existe ninguém perfeito , o casamento é um ajuntamento de duas pessoas imperfeitas em busca de um relacionamento perfeito, o que não acontece. Casamento é a transformação de duas pessoas em uma, casamento é uma negativa de si mesmo, para viver em prol de outra. Por esse motivo Paulo fala que, se a pessoa não estiver preparada para assumir as consequências do casamento, então não se case. Mas que se case para que não viva em prostituição, para que não fique fazendo sexo sem ser casado, que é prostituição, ou fazendo sexo com parceiros diferentes, porque tudo isso a Bíblia qualifica de fornicação, prostituição e os praticantes não herdarão o Reino de Deus. Como a preocupação maior é com a salvação da alma, então, para evitar esses pecados, que a pessoa se case e se submeta às regras do casamento. “O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido.” (1 Coríntios 7:3). Os casados, marido e mulher, não se podem negar um ao outro, ou seja, não pode criar inventar desculpas para não fazer sexo. O homem, o marido tem que estar preparado para satisfazer a sua esposa, não se omitir quando for procurado, da mesma forma que a mulher não pode inventar desculpas, como dor de cabeça ou outra coisa qualquer, pois é dever dos casados se manterem sexualmente um ao outro. Afinal, são uma só carne, e sexo é uma exigência do casamento para ambos.
            “A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher.” (1 Coríntios 7:4). Nem a mulher nem o homem podem se negar ao outro por qualquer motivo. Desculpas de cansaço e outras não são aceitas diante do Senhor, porque, ao se casar, acontece a junção, a união das duas partes que se completam, transformando-se em uma, assim sendo, que um sempre procure dar prazer ao outro. Devemos também nos atentar para o fato de que sexo entre marido e mulher é louvor ao Senhor, e entre marido e mulher não podem existir tabus, tipo isto ou aquilo é pecado, pois não é verdade, o que acontece são ensinamentos distorcidos. Ao casar, marido e mulher se transformam em uma só carne, então, se você enfia seu dedo na boca, no ouvido não é errado, assim como se usa a mão, os dedos, para coçar todo o corpo, assim também é o sexo entre casais. Portanto, não existe margem para afirmar que o sexo anal, oral, entre casais seja pecado. O fato é que, se ambos consentirem, que se amem por inteiro, com prazer, e sintam prazer com sua esposa, seu marido, e saibam que não existe nenhuma parte do corpo que seja amaldiçoada; todo corpo é santo. “Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.” (1 Coríntios 7:5). Não se pode tentar justificar a falta de relação sexual com a esposa, marido alegando jejuns prolongados, ou qualquer outra coisa, pois até para jejuar marido e mulher devem combinar para o fazerem juntos, e por pouco tempo, e logo após voltarem à rotina normal, pois, se ficarem muito tempo sem se amar, o diabo aproveita a brecha e a mulher ou o marido pode começar a pensar o que não deve, e o adultério acontece. E nem tentar justificar dizendo que não fazem isto ou aquilo porque a boca é santa e não pode, pois seria o mesmo que dizer que o órgão genital é maldito, ou alegar que este ou aquele órgão tem outra utilidade, pois a bem da verdade todos os órgãos do corpo têm mais de uma utilidade. E a esposa ou o marido não estando satisfeitos, podem ser induzidos ao erro, ao pecado, pois o mundo oferece tudo, e podem ter a curiosidade de conhecer o pecado e nele ficar. Assim, a culpa é de ambos, e com certeza perderão a vida eterna por não vigiarem em algo que a Bíblia ensina de forma clara.
            “Digo, porém, isto como que por permissão e não por mandamento. Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira e outro de outra. Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.” (1 Coríntios 7:6-8). Paulo de forma clara fala como os homens casados devem agir, proceder em relação às esposas, sabendo que, ao casar, assumiram uma responsabilidade que, enquanto viverem, têm que cumprir com todos os deveres. Mas os que estão solteiros, viúvos, se estão bem, que não se casem e se dediquem mais a praticar, ensinar a Palavra de Deus, pois como solteiros terão mais tempo de se dedicarem às coisas, à obra do Senhor, porque os casados têm que dar atenção às esposas, aos filhos, portanto não podem se dedicar integralmente à obra de Deus. “Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.” (1 Coríntios 7:9). Mas, se não conseguem viver sem sexo, não podem ver uma mulher, um homem, passando que ficam imaginando coisas, se os hormônios gritam, se andam em estado de tesão o tempo todo, então que se casem e cada um tenha sua própria esposa, seu próprio marido, e assim evitem o pecado de prostituição, porque sexo é um direito do qual somente os casados podem desfrutar, pois para todo o resto é pecado, prostituição. “Todavia, aos casados mando, não eu mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido.” (1 Coríntios 7:10). Agora uma determinação mais séria. Vemos que Paulo fala que é uma ordem do Senhor a esposa não se separar do marido, ou seja, não existe cláusula de exceção, portanto não existe motivo para que a mulher se separe, nem mesmo o adultério. Mas se, por não conseguir perdoar um adultério, se separar, que não se case, ou volte imediatamente para o marido; e não esqueça que, se existe um problema, clame ao Senhor, pois Deus tem compromisso com o casamento e restaura qualquer casamento por mais difícil que possa parecer, e liberta do pecado o marido ou a esposa. “Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher.” (1 Coríntios 7:11).
Leiam e pratiquem a Bíblia.
Que Deus os abençoe. Um abraço.
Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário