NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

TOLERÂNCIA ZERO

“É esta a terceira vez que vou ter convosco. Por boca de duas ou três testemunhas será confirmada toda a palavra.” (2 Coríntios 13:1)

            Muitas vezes Paulo tinha exortado a igreja de Corinto ao arrependimento; no entanto, algumas pessoas continuavam na prática dos pecados da imoralidade e de dissensão no corpo de Cristo. Por essa razão, quando o apóstolo anunciou sua terceira visita, foi incisivo ao mostrar que, caso não se arrependesse, o impenitente seria disciplinado com rigor.  Já naquela época Paulo enfrentava os mesmos problemas que enfrentamos nas igrejas da atualidade, pois o povo continua a cometer os mesmos pecados, ou pior, porque fornicação, adultério, prostituição existem entre o povo que se diz povo de Deus, povo que vai à igreja, louva ora, dizima, oferta, mas continua nos pecados, e muitos nem mesmo são exortados pelo pastor. Mas, aqui, vemos que Paulo avisa pela terceira vez, agora tomará uma decisão mais séria, e é o que devemos fazer, porque não podemos ser tolerantes com o pecado.“Já anteriormente o disse, e segunda vez o digo como quando estava presente; mas agora, estando ausente, o escrevo aos que antes pecaram e a todos os mais, que, se outra vez for, não lhes perdoarei; Visto que buscais uma prova de Cristo que fala em mim, o qual não é fraco para convosco, antes é poderoso entre vós.”(2 Coríntios 13:2-3). Paulo já tinha avisado pessoalmente, mas agora, antes de ir, ele avisa por carta que, se encontrar essas pessoas cometendo os mesmos pecados, não serão perdoados, já que muitos questionavam a maneira de Paulo pregar e viver o Evangelho; questionava, inclusive, a sua autoridade apostólica.  Não podemos em hipótese nenhuma concordar ou aceitar que as pessoas continuem dentro da igreja cometendo pecados, porque, além de estarem desobedecendo ao Senhor, estão dando um péssimo testemunho. Se existem pessoas que vivem em situação de pecado, devemos chamá-las, conversar, e ajudá-las, para que abandonem os erros. Mas se elas não mudarem após a terceira vez, ou terceiro aviso, devemos expulsá-las da igreja. Isso mesmo, se não têm compromisso com o Reino de Deus, têm que ser expulsas da igreja para não contaminarem o resto das ovelhas, independentemente de valores de seus dízimos ou ofertas; não existe acordo entre luz e trevas, e devemos parar de ser religiosos dizendo que não se pode expulsar pecador contumaz da igreja, pois isso é engano do diabo, e muitos têm caído nesse laço.
            “Porque, ainda que foi crucificado por fraqueza, vive, contudo, pelo poder de Deus. Porque nós também somos fracos Nele, mas viveremos com ele pelo poder de Deus em vós.”(2 Coríntios 13:4). Todos nós somos fracos, independentemente da posição ou da autoridade que exercemos. Somos fracos porque ainda estamos aqui vivendo  na carne, e sabemos que a carne é fraca e por si só nada pode, mas  somos fortes em Jesus Cristo. Assim como o nosso Senhor foi preso, sofreu inúmeras humilhações, foi crucificado e morreu, também nós estamos sujeitos a todo tipo de sofrimento e dores, mas, se somos praticantes da Palavra de Deus, então sabemos que somos fortes em Jesus, pois, assim como o Pai o ressuscitou, também nós seremos ressuscitados e viveremos por toda a eternidade ao seu lado; somos fracos na carne, mas fortes no espírito, pois vivemos no Senhor. “Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados.” (2 Coríntios 13:5). Devemos fazer sempre uma autoanálise, nos examinar se realmente podemos ser chamados de cristãos, de aprendizes de Cristo; se vivemos de acordo com os preceitos estabelecidos por Ele, se fugimos do pecado; se não nos permitimos os desejos da carne; se a palavra de Deus é o que nos guia, porque, se não estivermos vivendo assim, com certeza não seremos reprovados, porque na verdade já estamos reprovados e não viveremos. Mesmos que estejamos dentro de uma igreja, se estivermos no pecado, então estamos mortos, reprovados. “Mas espero que entendereis que nós não somos reprovados. Ora, eu rogo a Deus que não façais mal algum, não para que sejamos achados aprovados, mas para que vós façais o bem, embora nós sejamos como reprovados. Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.” (2 Coríntios 13:6-8). É nosso dever sempre fazer o bem, praticar a justiça. É mandamento do Senhor amá-lo, e amar é praticar, respeitar a sua Palavra. Somos considerados como loucos para o mundo, mas devemos simplesmente viver o Evangelho, praticar a Verdade, pois nada se pode contra a Verdade, uma vez que a Verdade é o próprio Senhor Jesus, pois Ele disse: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. Se vivemos por ela, então não praticamos pecado, e sabemos que a Palavra se cumpre em nós.
         “Porque nos regozijamos de estar fracos, quando vós estais fortes; e o que desejamos é a vossa perfeição. Portanto, escrevo estas coisas estando ausente, para que, estando presente, não use de rigor, segundo o poder que o Senhor me deu para edificação, e não para destruição.” (2 Coríntios 13:9-10). Quando exortamos, nos colocamos em posição desprivilegiada perante todos, pois  estamos nos colocando em posição para receber  todo tipo de críticas e ofensas, mas todos os que recebem a nossa exortação são fortes, pois podem avaliar, aprender, criticar, mas a nossa alegria é saber que a nossa exortação serve para conduzir vários, muitos  ao arrependimento e, consequentemente, a salvação, por isso  nos tornamos fortes no Senhor. Claro que devemos alertar, pregar, mas de maneira correta e de acordo com as Escrituras, para que as pessoas tenham vida, recebam vida, e não morte. “Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco.”(2 Coríntios 13:11).Somente devemos buscar viver o Evangelho, trazendo-o para as nossas vidas e as de todos, praticando justiça, paz, misericórdia e amor, porque, agindo assim, seremos perfeitos como o nosso Pai o é. Busquemos comunhão com os irmãos, sabemos que nenhum é melhor, superior ao outro, que todos somos iguais diante do Senhor, portanto, vivamos em santidade e em amor. “Saudai-vos uns aos outros com ósculo santo. Todos os santos vos saúdam. A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós. Amém.”(2 Corintios 13:12-14).
 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
                                 Pr.Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeus
Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 

MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário