NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

FAZENDO CALAR.

"E os fariseus, ouvindo que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se no mesmo lugar.” (Mateus 22:34)

            Jesus tinha ensinado que é dever pagar os impostos, pois os saduceus tinham tentado armar uma cilada para Ele, mas o Mestre simplesmente tinha mostrado de forma clara que devemos devolver ou pagar, cumprir todos os nossos direitos e, principalmente, aquilo que os outros tenham direito sobre nós. Também tinha falado sobre a questão da vida eterna e mostrado, falado, explicado que só se pode morrer uma vez, e que a partir daí só restam  morte e sofrimento eterno, ou vida,  alegria e em abundância com Ele. Explicou que, depois que  partirmos daqui, seremos semelhantes a anjos, e não mais  existirão casamentos ou quaisquer laços familiares; seremos somente a grande família, a igreja do Senhor, ou servos, companheiros, comparsas e família do diabo, tudo depende de como vivemos aqui. Ao contrário do que muitos pregadores tentam ensinar dizendo que estaremos juntos vivendo com os nossos familiares na vida eterna, devemos entender que, depois que partirmos daqui, não existirá mais esse reconhecimento, os laços familiares terrenos são cortados no momento em que morre a carne. A teoria muita usada por espíritas não se fundamenta na Palavra de Deus. Tanto os saduceus como os fariseus estavam o tempo todo tentando armar ciladas para pegar e desmascarar Jesus, pois eles, como religiosos, não aceitavam Jesus como o Messias, o cordeiro de Deus, o Enviado de Deus, o Salvador, e, portanto, eles simplesmente se intercalavam. Mas todos eram desmascarados, e os outros aprendiam com os ensinamentos do Mestre. "E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei?” (Mateus 22:35-36). Aqui um doutor dos fariseus seria como um teólogo, alguém com doutorado, mestrado e toda formação acadêmica. Tenta interrogar o Senhor, de uma forma vaga ele quer que Jesus diga qual é o maior mandamento, qual é o principal mandamento de Deus. Só que eles não esperavam a resposta que Jesus vai dar, porque, como Jesus sempre pregou sobre santificação, abandono de pecados, sobre salvação, eles imaginaram que  ele também responderia assim, por desconhecerem a Verdade, assim como  a ciência tenta negar a existência de Deus e  quer creditar a criação do mundo  a uma explosão organizada, e a origem do homem ao macaco.
            "E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.” (Mateus 22:37). Jesus mostra que o maior mandamento é amar a Deus com todo o nosso ser. Nós devemos entender esse amor como amor divino, não esse amor apregoado e vivido por muitos, não essa enganação que o diabo tem colocado nas pessoas, pois amar a Deus é viver e praticar os seus mandamentos,  semelhante ao amor Dele para com nós, ou seja, amar o pecador e condenar o pecado."Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” (João 14:21).  Portanto, amar a Deus de todo o coração é viver e respirar os preceitos do Senhor, não somente falar que o ama, ou orar, cantar, chorar dizendo que é por amor a Deus, isso é hipocrisia, o que devemos fazer  é simplesmente obedecer. Amar a Deus é não concordar com o homossexualismo, com o vício, com a desonestidade, adultério, divórcio, mentira, violência, nem adorar imagens ou santos, santas, ou qualquer outro pecado, porque as pessoas estão aceitando, acolhendo o pecado, estão concordando com ele a pretexto de um suposto amor. Quem ama luta para a libertação dos seus e não concorda com  a situação de pecado. Famílias, mães que concordam que filhos, filhas tenham relações sexuais até dentro da própria casa, que aceitam que os filhos sejam homossexuais, que se divorciem e ainda os apoiam trazendo-os de volta para casa, que acobertam filhos ou parentes ladrões, traficantes, violentos, pessoas que sempre gostam de apresentar desculpas para não repreender ou condenar o erro, esses não amam e nem sabem o que é amor de Deus. "Este é o primeiro e grande mandamento.” (Mateus 22:38). Veja  que Jesus mostra que o primeiro mandamento é amar a Deus, portanto, diante do que vimos, o primeiro mandamento é obedecer, praticar os mandamentos, a Palavra de Deus, é não ser guiado pelos seus instintos, mas  pela Palavra, é viver o Evangelho, que é o próprio Deus.
            "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (Mateus 22:39). O segundo mandamento, o Senhor Jesus já disse, é semelhante, igual ao primeiro, porque, como o primeiro é amar a Deus acima de tudo e de todo coração, o segundo só pode ser praticado por quem ama a Deus,  que é amar o próximo como a nós mesmos, ou seja, só fazermos e desejarmos a todos o que queremos para nós mesmos. Quem ama Deus e ama o próximo não permite pecado em hipótese alguma e nem o aceita. Como ama o próximo, tudo faz para que as pessoas se libertem, portanto, jamais vão tolerar erros. Não podemos falar que amamos a Deus e concordar que amigos, parentes ou quem quer que seja cometa um erro ou pecado em nossa casa ou na nossa presença, se o amamos, condenamos os pecados. Amar a Deus e ao próximo é muito mais do que simples palavras enganadoras ou tapinha nas costas e concordância; é ser praticante da Palavra de Deus. "Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.” (Mateus 22:40). Cumprindo esses dois mandamentos, cumpre-se toda lei, toda a Palavra de Deus. Tudo se resume  em amar a Deus, ou seja, respeitar, obedecer, praticar a sua Palavra. Quem não obedece não ama, portanto está em desobediência e só lhe resta a morte eterna, mas ainda é tempo, converta-se e salve-se!

 Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
                                Pr.Henrique Lino
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.
https://www.facebook.com/atalaiadedeus Skype: atalaiadedeusVisitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário