NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

PRESTANDO CONTAS.

Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos; (Mateus 18:23)

            Jesus nos deu vários exemplos em seus ensinamentos, e usava muitas parábolas, que são pequenas historias, uma maneira de ilustrar o seu relato, e aqui veremos mais uma que Ele utiliza afim de  mostrar como  é o Reino de Deus. Assim como um rei resolveu verificar as suas finanças colocar as contas em ordem e verificar quem o devia e porque e quanto, e evidente chamar os devedores, para negociar e quitar os débitos. Todos nós somos devedores, pois não estamos falando aqui somente em dividas de dinheiro propriamente dito, mas de tudo aquilo que não nos pertence, e que é de alguém, e o perdão é uma delas e de todos e se o estamos retendo, estamos negligenciando com a Palavra de Deus. "E, começando a fazer contas, foi-lhe apresentado um que lhe devia dez mil talentos;” (Mateus 18:24)Um talento equivalia a seis mil denários(ou o salário por seis mil dias de trabalho).Dez mil talentos equivaliam a sessenta milhões de denários. A diferença entre essa soma e a do versículo 28 que veremos logo adiante é intencionalmente exagerada. Pois cem denários equivaliam a uns três meses de trabalho de um operário. Faço questão de colocar a equivalência de valores da época para podermos entender as discrepâncias e assim entender de maneira clara esta parábola, e compreender que este servo tinha uma alta dívida, a soma devida era extremamente alta. Assim como nós que temos alta divida com o Senhor Deus, pelos nossos erros, pecados, desobediências e desprezo pela sua Palavra, mas cada vez aumentamos mais, pois ao contrário de procurarmos pagar, na verdade aumentamos mais, pois ficamos observando as outras pessoas apontando erros delas e não perdoamos, não conseguimos perdoar a quem nos faz mal, ou seja, queremos receber de todos os que nos deve, e olha que são valores pequenos; mas, ao grande não pagamos.
                 "E, não tendo ele com que pagar, o seu senhor mandou que ele, e sua mulher e seus filhos fossem vendidos, com tudo quanto tinha, para que a dívida se lhe pagasse.”(Mateus 18:25)E era normal quando alguém não pudesse pagar uma divida os filhos a esposa, e ele mesmo fosse vendido como escravo e assim  o credor era ressarcido do seu prejuízo; portanto este rei aqui simplesmente mandou executar uma lei que era para todos.  Sabemos que todos os pecadores são reservado o lago de enxofre, o fogo eterno, sofrimento e dor, e se estamos em erro, em pecado com Certeza Deus não terá outra alternativa a não nos enviar para o sofrimento eterno, pois é para todos os desobedientes. "Então aquele servo, prostrando-se, o reverenciava, dizendo: Senhor, sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.”(Mateus 18:26)Este servo vendo que a sentença do rei seria executada, se atira aos seus pés implorando, clamando por mais uma oportunidade de poder pagar o seu debito sem  ser vendido juntamente com a sua família  como escravos. Geralmente quando estamos em situação difícil, quando estamos em lutas, clamamos ao Senhor pedimos socorro, pedimos perdão, prometemos não mais errar, não mais pecar, e se concertar, se ele nos atender, nos socorrer naquele momento. "Então o senhor daquele servo, movido de íntima compaixão, soltou-o e perdoou-lhe a dívida.” (Mateus 18:27)Aqui vemos que o senhor deste servo não somente atendeu como fez mais perdoou a aquela divida enorme, rasgou a promissória, o deixou livre de tudo. Deus também quando vamos a Ele e clamamos por perdão Ele nos perdoa e rasga o titulo da nossa divida."Saindo, porém, aquele servo, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e, lançando mão dele, sufocava-o, dizendo: Paga-me o que me deves.” (Mateus 18:28) Mas nós não perdoamos  a quem tenha nos ofendido, guardamos magoas, ódios, ressentimentos, pensamos e maquinamos vingança, mesmo tendo  acabado de receber  o perdão do nosso Pai,  continuamos cobrando e oprimindo a quem tenha nos feito algo, assim como este servo da parábola tinha recebido o grande perdão, e estava cobrando migalhas.
         "Então o seu companheiro, prostrando-se a seus pés, rogava-lhe, dizendo: Sê generoso para comigo, e tudo te pagarei.” (Mateus 18:29)O que antes este servo fez implorando e clamando  por misericórdias, agora o seu companheiro fazia com ele, e portanto o correto era agir assim como o rei agiu com Ele, perdoando a divida que era pequena. Nós pedimos perdão a Deus, mas, nos recusamos a perdoar a quem nos deu um prejuízo, nos ofendeu, magoou, apresentamos desculpas dizendo que foi algo grave, que ofendeu a nossa mãe, filho, nossa honra, criamos um monte de desculpas para não perdoarmos mas queremos o perdão de Deus. "Ele, porém, não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.” (Mateus 18:30)E por agir de maneira insensível e má, geralmente só conseguimos o nosso próprio mal, pois caminhamos para o inferno por não perdoarmos o próximo."Vendo, pois, os seus conservos o que acontecia, contristaram-se muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que se passara. Então o seu senhor, chamando-o à sua presença, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-te toda aquela dívida, porque me suplicaste.Não devias tu, igualmente, ter compaixão do teu companheiro, como eu também tive misericórdia de ti? E, indignado, o seu senhor o entregou aos atormentadores, até que pagasse tudo o que devia.”(Mateus 18:31-34)Não podemos esquecer a oração que Jesus nos ensinou, o Pai Nosso conhecido de todos, e  nela pedimos que Deus perdoe as nossas dividas assim como perdoamos os nossos devedores. Nada adianta ser religioso e guardar magoa ou rancor, pois se não perdoamos alguém, ou se só perdoamos de boca e não de coração com certeza estamos caminhando, melhor correndo para o sofrimento e morte eterna. "Assim vos fará, também, meu Pai celestial, se do coração não perdoardes, cada um a seu irmão, as suas ofensas.” (Mateus 18:35) Leiam e pratiquem a Biblia. Que Deus abençoe.
Um abraço.
                                    Pr.Henrique Lino 
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. 
Fale Conosco TEL: (31) 3568.1077CEL TIM: (31) 93428855 OI 31-88172771 VIVO 31-98004621 CLARO 31-82134027FAX(31)2565.4577 E-MAILS  ,MSN, E, Orkut: (ministerioatalaiadedeus@hotmail.com) BLOG http://ministerioatalaiadedeus.blogspot.com/Visitem nosso site(www.atalaiadedeus.com.br) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. "Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus. Envie sua oferta em nome de 
MINISTÉRIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECÔNOMICA
AGÊNÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5
Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário