NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

DESONESTIDADE.

Visto como despojaste muitas nações, todos os mais povos te despojarão a ti, por causa do sangue dos homens e da violência para com a terra, a cidade e todos os habitam nela. (Habacuque 2:8).

        O Brasil infelizmente já algumas décadas conseguiu a fama de ser um País de espertinhos; no exterior por exemplo, existem muitos que olham para os brasileiros não com bons olhos por uma serie de motivos, e para a nossa vergonha, com fundamento. Isto porque todos sabem que gostamos de facilidades, de levarmos vantagens em tudo e de todos, gostamos de sonegar, de pagar menos, ou não pagar, atrasar pagamentos e pagarmos salários irrisórios, gostamos de fazer gatos no relógio da luz, da água, da TV a cabo, enfim, gostamos de sermos os mais espertos, conclusão somos desonestos e trazemos violência a nossa casa, a nossa cidade, pois tudo tem conseqüências; alguém com certeza sai perdendo. E ainda falamos que somos de Jesus. “Ai daquele que ajunta em sua casa bens mal adquiridos, para pôr o seu ninho no alto, a fim de se livrar da mão do mal!”(Habacuque 2:9). Gostamos de ter, de prosperar sem observarmos que estamos trazendo maldição para nossa casa, com o dinheiro que deveríamos ter pago um salário decente a um funcionário,ou que deveríamos estar pagando para desfrutarmos de um serviço, e  estamos roubando. Não importa se vamos a igreja, se devolvemos dízimos, se ofertamos, se oramos, louvamos com os lábios, jejuamos, mas se somos desonestos, a maldição esta em nossa casa e família.
            Vergonha maquinaste para a tua casa; destruindo tu a muitos povos, pecaste contra a tua alma.”(Habacuque 2:10). Tudo que fizermos, executarmos para obter vantagens nas custas de outros, o  lucro obtido  trará prejuízos a alguém ou na pior das hipóteses estamos impedindo o nosso próximo de ganhar; portanto somos culpados de roubo, mesmo que ninguém viu, ninguém saiba, ou não deram importância, ou acham normal, mas o Senhor nosso Deus viu e tudo sabe e diante Dele nós somos pecadores, e por tal iremos prestar contas de gerar violências, somos modelos de desonestidade e maldade. “Porque a pedra clamará da parede, e a trave lhe responderá do madeiramento.”(Habacuque 2:11). Não importa o que temos, o que estamos oferecendo para a nossa família, nossos filhos, qual é a procedência, podemos ficar tranqüilo examinarmos e dizer que tudo foi fruto de um trabalho honesto, ou sabemos o que fizemos para conseguir o carro, a casa, até mesmo colocar alimentação na mesa; não importa o que seja, mas sabemos que clamam, pois fomos desonestos, mesmo que a maioria faça,não podemos nos igualar, devemos fazer a diferença, somos a luz, somos o sal, devemos respeitar e praticar a Palavra de Deus, caso contrário somos meros religiosos que se persistirmos  não desfrutaremos da salvação no Senhor Jesus.
            “Ai daquele que edifica a cidade com sangue e que funda cidade com iniqüidade.” (Habacuque 2:12). Não podemos construir nada fora da palavra, até um simples telefonema escondido que fazemos na empresa sem o patrão saber estamos pecando pois estamos roubando trazendo prejuízos a empresa; ou o fato de levarmos, conduzirmos alguém a bebedeira, sabendo que é pecado, estamos indo contra os mandamentos do Senhor e por tal responderemos, pois toda a desobediência receberá a devida recompensa, e não podemos esquecer que o salário do pecado é a morte mas o dom de Deus é a vida eterna. “Eis que não do Senhor dos Exércitos que os povos trabalhem para o fogo e os homens se cansem pela vaidade. Porque a terra se encherá do conhecimento da Gloria do Senhor, como as águas cobrem o mar. Ai daquele que dá de beber ao seu companheiro! Tu, que lhe chegas o teu odre e o embebedas, para ver a sua nudez, serás farto de ignomínia em lugar de honra; bebe tu também e sê como um incircunciso; o cálice da mão direita do senhor se voltará sobre ti, e vômito ignominioso cairá sobre a sua gloria.”(Habacuque 2:13,16). Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço.
                                    Pr.Henrique Lino                            
Se você está passando por algum problema na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, adulterios, ou com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, homossexualismo,possessão demoníaca,enfermidade fisicas tipo cançer, ou AIDS  ou até mesmo preso, entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição 24 horas por dia para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual.Em virtude do nosso sacerdóçio o sigilo é garantido, pois o segredo de confissão é inviolavel.Fale Conosco TEL: (31) 3568.1077
CEL tim:             (31) 93428855        oi-31-88172771vivo             31-98004621       claro            31-82134027       FAX (31) 2565.4577
E-MAILS, MSN ministerioatalaiadedeus@hotmail.com
  contatos@atalaiadedeus.com.br e Orkut  ministerioatalaiadedeus@hotmail.com  BLOG http://ministerioatalaiadedeus.blogspot.com/
Visitem nosso site(WWW.ATALAIADEDEUS.COM.BR) - O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo divulgar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência jurídica aos detentos e seus familiares, oração e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração e oferta de amor. “Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.” II Co 9:7 Ofertar é um privilegio. Semeando qualquer valor você estará contribuindo com a expansão do Reino de Deus.  Envie sua oferta em nome de
MINISTERIO ATALAIA DO EVANGELHO DE DEUS
BANCO ITAU
AGENCIA: 1639 CONTA CORRENTE: 61520-0
Banco: CAIXA ECONOMICA
AGENÇIA: 1529 OPERAÇÃO: 022 CONTA POUPANÇA NÚMERO: 230-5

Você será um agente evangelizador deste Ministério.
Sua colaboração é muito importante para nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário