NESTE BLOG DISPONIBILIZAMOS MENSAGENS CRISTÃS SEGUNDO A BIBLIA. FALAMOS DOS ESTATUTOS DO REINO DE DEUS.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

A ORAÇÃO


E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. (Mateus 6.7)

     É muito comum pessoas orarem insistentemente a Deus pedindo algo, e às vezes oram ou rezam repetindo a mesma coisa durante vários dias. Na verdade não é uma oração é uma reza. Exemplo é ficar rezando várias vezes o pai nosso ou outra reza qualquer, creio que imaginam que temos um Deus surdo, demente, ou que só conseguiremos algo pela insistência, que só seremos perdoados se ficarmos repetindo inúmeras vezes; pessoas que transformam a oração em uma cartilha que ensina os filhos e os filhos aos seus filhos e por ai afora, e todos nunca realmente conversam com Deus. Simplesmente repetem o que tem decorado, e imaginam que este é a forma como Deus ouve. Mas o culpado somos nós mesmos que somos preguiçosos e não lemos e meditamos na Palavra de Deus, porque na Bíblia tudo nos ensina, e principalmente nos alerta para não sermos simplesmente religiosos, e condena a preguiça, e nos ensina a orar de forma correta, e buscar comunhão com Deus.

                      “E aconteceu que, estando ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos.”(Lucas 11.1) Aqui vemos quando os discípulos pediram a Jesus que os ensinassem a orar e vamos ver agora os ensinamentos de Jesus que  muitas das vezes tem sido mal interpretado. “(E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu. Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano; E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve; e não nos conduzas em tentação, mas livra-nos do mal.” (Lucas 11.2,4) Mas aqui é o ensinamento, não para ficar repetindo esta ladainha, mas Jesus nos fala que devemos na oração Santificar o Nome de Deus, reconhecer o seu poder, curvar diante do seu poder, clamar por santificação, para que o Reino de Deus seja parte nossa, que vivamos no Seu Reino e procedamos como devemos, e assim por diante, ou seja, devemos basear, pedir perdão e praticar. Ele ensinou um guia, mas não um ritual rígido.

                   “Atende, pois, à oração do teu servo, e à sua súplica, ó Senhor meu Deus; para ouvires o clamor, e a oração, que o teu servo faz perante ti. (2 Crônicas 6.19) Percebemos que  na Bíblia  as orações são uma conversa franca com o Nosso Deus, ou seja, é um diálogo e não um monólogo, pedimos perdão, forças, socorro, orientações, direções, e temos que ouvir e praticar o que Deus nos responde; e em uma reza simplesmente recitamos algo. “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela ORAÇÃO e súplicas, com ações de graças.” (Filipenses 4.6) Ou Seja se recitarmos somente uma reza, não falaremos com Deus, e nem conseguiremos apresentar os nossos pedidos e agradecimentos ao Senhor e também não o ouviremos a sua voz. Vamos orar de verdade vamos falar com Deus. Leia e pratique a Bíblia.Que Deus te abençoe.

Um abraço.
                                 
                                   Pr.Henrique Lino

Nenhum comentário:

Postar um comentário